Grandes Aventuras (Viagens de tirar o fôlego) – Guia Lonely Planet

Esse conjunto das aventuras mais eletrizantes do planeta o levará de bota, pedal ou remo aos espetáculos mais impressionantes da natureza, e a feitos que serão resultado de força de vontade e muita adrenalina.

127 Horas (Uma empolgante história de Sobrevivência) – Aron Ralston – Livro

Aron Ralston, um experiente alpinista de vinte e sete anos, estava fazendo uma caminhada sozinho em um estreito e remoto desfiladeiro de Utah, nos Estados Unidos, quando ele desalojou uma rocha de quase meia tonelada que esmagou a sua mão direita e o pulso contra a parede da montanha.

Livre (A jornada de uma mulher em busca do recomeço) – Cheryl Strayed -Livro

Após a repentina morte da mãe, a família se distanciou e seu casamento desmoronou. Quatro anos depois, aos 26 anos, sem nada a perder, tomou a decisão mais impulsiva da vida: caminhar 1.770 quilômetros da chamada Pacific Crest Trail (PCT) – trilha que atravessa a costa oeste dos Estados Unidos – sem qualquer companhia.

Mar Sem Fim – Amyr Klink – Livro

Foram 141 dias no mar. Um verão inteiro viajando em latitudes onde o sol nunca se esconde, enfrentando um mar temperamental, às vezes extremamente violento, com períodos de nenhuma visibilidade, muito gelo, vento forte, e o tempo todo submetido a uma rotina que não permitia mais do que cinco horas de sono não contínuo por dia. Dezoito mil milhas navegadas, 12.240 das quais sem pisar em terra, e com muitos sustos, como quando por pouco não ocorre uma colisão entre o Paratii e um gigantesco iceberg.

Cem Dias Entre Céu e Mar – Amyr Klink – Livro

Navegando ao lado dos peixes, entretendo conversas com gaivotas e tubarões, remando no meio de uma creche de baleias, Cem dias entre céu e mar é o relato de uma travessia absolutamente incomum: mais de 3500 milhas (cerca de 6500 quilômetros) desde o porto de Lüderitz, no sul da África, até a praia da Espera no litoral baiano, a bordo de um minúsculo barco a remo.

Meu Everest – Luciano Pires – Livro

Luciano trocou a gravata pela mochila e o paletó por uma “parka” impermeável. Marcou as férias, despediu-se da família e saiu direto de São Paulo – Capital, para o Campo Base do Everest, a 5,3 mil metros de altura, no Nepal. Sem nunca ter feito uma caminhada com mais de dois dias. Este livro conta como foi.